quinta-feira, 17 de junho de 2010

Rage Against the Machine - Killing in the Name



Rage Against The Machine é uma banda americana de rock, vencedora dos Prémios Grammy, formada em 1991, conhecido por sua mistura de hip hop, hard rock, punk e funk, bem como sua filosofia revolucionária. A banda inspirou-se no metal enquanto instrumental, bem como o rap como Public Enemy e Afrika Bambaataa. A música do grupo é baseada principalmente na energia em palco de De la Rocha, e as técnicas da guitarra de Morello.

Ao longo de seu percurso inicial de nove anos, tornaram-se uma das bandas mais populares e influentes politicamente da música. No final de 2000, de la Rocha deixou a banda. Pouco tempo depois, a banda lançou seu quarto álbum de estúdio Renegades.
Após o fim da banda, os restantes três membros formaram os Audioslave, com o ex-vocalista do Soundgarden, Chris Cornell. Enquanto de la Rocha lança as musicas, March of Death, em colaboração com DJ Shadow e We Want It All, uma colaboração com Trent Reznor, vocalista dos Nine Inch Nails.

Em 29 de Abril de 2007, Rage Against the Machine reúnem-se para o Festival Coachella. Era para ser apenas por este concerto, mas acabou por não ser o caso. A banda fez mais sete shows nos Estados Unidos em 2007 e em Janeiro de 2008, eles deram os seus primeiros concertos fora dos Estados Unidos, no Festival Big Day Out na Austrália e Nova Zelândia. A banda desde então continuou a fazer tours mundiais, encabeçando grandes festivais na Europa e nos Estados Unidos.


Outros projectos dos vários membros de Rage Against the Machine:
Zack de la Rocha:
Hard Stance (guitarrista): Face Reality
Inside Out (vocalista): Burning Fight
Zack + DJ Shadow: March of Death
Zack de la Rocha: We Want It All
One Day As A Lion: Wild International


Tom Morello:
Lock Up: Peacekeeper
Audioslave com Tim Commerford e Brad Wilk, também de Rage Against the Machine, e Chris Cornell (Soundgarden): Like a Stone
Class of '99 com Layne Staley (Alice in Chains): Another brick in the wall (Pink Floyd cover)
Axis of Justice com Serj Tankian (System of a Down): Where The Streets Have No Name (U2 Cover)
The Nightwatchman: Whatever It Takes
Street Sweeper Social Club: 100 Little Curses

Brad Wilk:
Greta: Fathom


2 comentários:

Sara Lourenço disse...

Uma grande banda, não só com uma sonoridade própria e bastante melódica para o género, mas também com textos muito interessantes e inteligentes.

Peeping Tom disse...

Uma das bandas mais politicamente activas de sempre :)